O cantor e produtor independente SI AMES E rompe o eixo Rio/SP ao  inovar na cena pop LGBTI do sul do Brasil com o lançamento de seu 1° EP autoral intitulado Som do Grave. O artista, que se posiciona como um ser afro LGBT expressa a sua dualidade de forma  marcante e politizada em suas composições e performances, unindo a arte e o entretenimento para expressar conscientização sobre o poder de ser quem você realmente quer se tornar.  
A produção partiu de forma independente por meio de collabs entre produtores e artistas do Paraná. Contém 5 faixas ao total, sendo elas: Som do Grave, Só Vai, B.L.U.N.T, Moleque e Close da Bee. O EP foi lançado com seu primeiro videoclipe da música qual leva seu nome. As composições partem de uma roupagem de Hip Hop em conjunto ao ritmo pop/eletrônico e black music, propenso a transmitir informações referentes ao respeito das diversidades e a luta pelo fim da imposição dos padrões heteronormativos dentro do movimento gay.

Siamese desfilou no “Carnaval oficial de Curitiba 2018”, no comando do Bloco Fogosa, levando mais de 500 pessoas para desfilar e lançando a música tema do bloco, Fogoza.
A música vai muito além de um hit de carnaval festivo. O artista usa os ritmos eletrônico e pop para exigir o respeito, a diversidade, e o poder em usar da nossa liberdade e não nos limitar em atos por medo de repressões.
Hino da 18o. Parada da Diversidade.

 

O discurso destacado em seu trabalho é essencial  tanto para o estado onde o artista vive, sendo que o Paraná mantém alto índice de registros de discriminação e assassinatos de seres pertencentes a cultura queer, quanto no Brasil, país com o maior índice de violência LGBTQ+. Siamese sendo afro LGBTI expressa em suas apresentações: vocal, performance e visual, criando uma atmosfera de liberdade e  conscientização por meio da arte e do entretenimento.

 

Siga SIAMESE no Instagram.

 

Conheça nov@s artistas a DAIMAG no insta e no Facebook.