“Os sentimentos precisam ser ditos, demonstrados mesmo quando estão morrendo… 

Já sentiu algo morrer aos poucos dentro de ti?

Quantas vezes fingiu não sentir ou ignorou o que estava sentindo?

Mas algo me dizia que você deveria lembrar de mim… Talvez você não se lembre daqui uns meses ou anos. Uma forma de Adeus não dito…
Um dia me disse

“Pessoas são passageiras”.

Fui boba e não acreditei… Eu e essa mania de querer ficar.
Talvez você não se lembre mas

Quando ver amarelo lembra de mim.”

 

Evelyn Kosta fotografa há quase dois anos e cursa fotografia na UNICID.

Acompanhe o trampo dela no Instagram.

 

Conheça mais artistas independentes no Facebook e no Instagram da DAIMAG.